Entre Sonhos e Sorrisos...

Entre Sonhos e Sorrisos...
"Vou-me "vestindo" da vida enquanto ela se vai "despindo" de mim..."

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Saciar-me sem ti...

Quero acabar com o que sinto
Extravasar do meu jeito
Esquecer o instinto
De te prender no meu peito
Quero trazer-te comigo
Sacar-te do pensamento
Arrancar-te do coração
Fazer de ti coisa real
Fazer de ti coisa banal
Apenas para sentir o teu corpo
Conhecer-lhe o cheiro
Provar-lhe o sabor
Sentir-lhe o calor
Deitá-lo em meu leito
Fazer-te saciar minha sede
Acalmar minha loucura
Este meu desejo sem rede…

Quero acabar com a tortura
Que me enlouquece o juízo
Que me atormenta as noites longas
Em que me sacio sem ti
Quero esquecer-te de vez
Arrancar-te por fim
E só sei que o consigo
Se te tiver em mim…

Quero acabar com o tesão
Que sinto em te ver
Quero acabar com a emoção
Que me faz te querer
Que me guia em teu caminho
Me faz seguir os teus passos
Me faz cair em teus braços
Pobre de mim que não consigo
Saciar-me sem ti
Pobre de mim que não consigo
Saciar-me em ti…


por

Isabel Reis
todos os direitos reservados

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Medo


Venha quem diga que não o tem…
E com o medo que muitas vezes sinto direi… Mentira…
Venha quem diga que nunca sentiu
Venha quem diga que nunca mais terá
E com a força que muitas vezes me falta
Tantas vezes quantas falta a todos nós direi… Mentira…

Sim porque nós… eu… tu… vocês…
Todos NÓS… somos apenas e só… HUMANOS…
Por isso e apenas isso…
Quantas vezes a força nos falta
Por vezes na hora que mais precisamos dela…
Aliás… apenas e só na hora que ela nos falha
É que damos pela falta dela…

Ter medo é simplesmente ser humano
Ter medo faz parte de cada um de nós
Ter medo é algo que está intrínseco
Não se arranca… nem se escolhe…
Falhar é algo que nos é permitido
Aliás… falhar é algo que nos é devido
Ninguém é perfeito…
A perfeição é a quimera que nos faz buscar mais…

O que nos distingue uns dos outros
É o que decidimos fazer com o medo
É o que decidimos fazer quando a força nos falta
Tem aqueles para quem o medo é um travão
Outros apenas um desvio…
Tem aqueles que caem… e não se levantam…
Outros que vão buscar força até na dor que estão a sentir…
E aí sim… aí se distinguem OS HUMANOS…
Porque… existem HUMANOS que por medo não são quem gostariam de ser…
Mas aquilo que esperam que sejam…
Tem HUMANOS que por medo não vivem… sobrevivem…
E outros que no medo buscam a luz…
Mesmo sabendo que podem nunca a chegar a encontrar…


por:

Isabel Reis
todos os direitos reservados