Entre Sonhos e Sorrisos...

Entre Sonhos e Sorrisos...
"Vou-me "vestindo" da vida enquanto ela se vai "despindo" de mim..."

sábado, 22 de outubro de 2011

Pensamentos da Lua

Quem corre atrás dos seus sonhos, um dia chega ao destino.


por Isabel Reis
todos os direitos reservados

Pensamentos da Lua

No amor... estamos sempre à distância de um pensamento...


por Isabel Reis
todos os direitos reservados

Corpo Presente...

Porque teimam as pessoas em continuar a dar valor ao que não tem valor algum?!
Porque teimam em continuar a esquecer a fragilidade da vida?! A capacidade incrível que tem de mudar numa fracção de segundos... Como agora estamos aqui, mas apenas a um passo de deixar de estar… como ao abraçar alguém que amamos, facilmente nos esquecemos de o abraçar com todo o amor que temos… nunca saberemos quando será o próximo abraço…

Porque teimam em esconder o que sentem sob máscaras de indiferença, julgando que assim estão a ser fortes?! Em vez de tomarem consciência que a coragem reside mesmo no assumirem aquilo que realmente sentem, o que realmente pensam...

No meio dessas máscaras e da tal suposta coragem, vão deixando passar os momentos quando o que mais querem é agarra-los… vêem as pessoas ir embora quando por dentro o coração grita e suplica que fiquem, vão embora quando o que mais querem é ficar… sorriem, quando tudo o querem… é baixar a guarda e chorar... “gelam” e distanciam-se quando tudo o que querem é dar largas aos sentidos e amar… E nesse “jogo” insano vão vendo a vida escorrer entre os dedos qual grãos de areia insípidos e porquê? P’ra quê? Vá-se lá saber, o ser humano de tão complexo chega a ser absurdo...

Dizem que “é arriscado, que podem sofrer… que nunca se sabe o que pode acontecer…” mas viver é um risco?! E arriscar é viver... quem não arrisca não sorri... não ama, não ri, não chora, não quebra, não cola, não vibra, não sente... quem não arrisca não chega a ser “gente”… não passa apenas de um corpo presente.

texto por Isabel Reis
foto por Pedro Sarmento
todos os direitos reservados