Entre Sonhos e Sorrisos...

Entre Sonhos e Sorrisos...
"Vou-me "vestindo" da vida enquanto ela se vai "despindo" de mim..."

quarta-feira, 31 de março de 2010

Prazeres

Meus… teus… nossos…

Chego-me perto de ti e tua voz treme, a tua respiração acelera e perdes-te no caminho. Encurto ainda mais a proximidade dos nossos corpos… já me sentes o cheiro no ar, já me sentes a respiração resvalar ao de leve em teu corpo, tua pele arrepia-se ao sentir-me.
Olho-te nos olhos e teu corpo vibra, estremece, enrijece… enlouquece… já não aguenta a tortura que a minha presença tão intensa lhe desperta.
Agarras-me então descontrolado, queres sugar-me a vida num só beijo, queres aplacar a loucura que o teu corpo sente num arrebate insano… E eu deixo-me ir… afinal… para quê lutar contra a urgência que eu mesma provoquei.

Deixo-me levar na tua loucura, paro de fingir que também não é minha, abro comportas e deixo o teu desejo entrar, para quem sabe o meu desejo sair… antes que ele que me ultrapasse os limites que lhe imponho, deixando-se arrebatar por urgências que não quero… assim paro e assumo que essas urgências também são minhas… assumo que esses desejos também são meus… encaro a realidade que me rodeia e assumo… “Vem, vem agora… traz teu corpo de encontro ao meu, deixemos que a noite tome conta de nós… porque o amanhã ainda demora e a noite é longa… e toda nossa”

por Isabel Reis
todos os direitos reservados

1 comentário:

Art'Anima Seixal-Associação Cultural disse...

Falar contigo é sentir e desejar que a alma não exploda a qualquer momento, é brisa que refresca o pensamento, é mais que um querer continuo que nos presegue sem nos chegar. Falar contigo é saber que se existe sem nunca parar! É um estranho "prazer" que moi e não deixa descansar!

joellira